Baixe o app da Facens no seu Android.

Baixe o app da Facens no seu iPhone.

Já vai embora?

Foi bom ter você por aqui!

Se quiser ficar por dentro das novidades que rolam por aqui, é só deixar seu e-mail abaixo que enviaremos sempre que tivermos uma notícia interessante.

Cadastrado com sucesso! Ocorreu um erro ao fazer o cadastro.

Caso não tenha encontrado o que precisa, ainda há esperança:

Entrevista com Ex-aluno Facens Romeu Pitthan

Postado - 10/08/2018 17:00

Ex-alunos

Romeu Pitthan – Eng. Mecânica

Para o engenheiro mecânico Romeu Pitthan, ex-aluno da Facens graduado em 2016, a paixão por carros começou muito cedo, ainda na infância. Tanto que, aos nove anos, ele já dizia para todos que queria ser engenheiro quando crescesse. Com o tempo, ele não só confirmou a vocação como acabou dirigindo seu foco para a Mecânica.

Na Facens, ele aproveitou muito bem todas as oportunidades que vieram. Participou da equipe B’Energy, que construiu o primeiro protótipo de carro SAE Elétrico de Sorocaba e região, e também foi um dos primeiros alunos da faculdade a realizar intercâmbio em uma Universidade na Espanha, pelo Ciência sem Fronteiras.

Acompanhe a entrevista a seguir.

Facens - No contato com o curso, o que mais o surpreendeu?

Romeu Pitthan - A estrutura da faculdade, a qualidade da maioria dos professores e o quanto a faculdade incentiva o aluno a praticar aquilo que aprende em sala de aula.

 

Você esteve envolvido com grandes projetos na faculdade, como a Equipe B’Energy, responsável pela produção do primeiro carro elétrico da Facens e primeiro protótipo do gênero em Sorocaba. Qual a relevância desta experiência e qual seu maior aprendizado?

Não só o B'energy, mas todos os projetos que a Facens oferece são de extrema importância para a preparação dos alunos para o mercado de trabalho. Pessoalmente falando, aprendi muito sobre desenvolvimento de projetos, trabalho em equipe e liderança. Sem falar que foi uma experiência única, já que fizemos o primeiro carro elétrico da região. É muito motivador participar de algo inovador, é fantástico! Inclusive, recebemos uma homenagem da Câmara de Vereadores de Sorocaba. Foi muito gratificante obter esse reconhecimento. 

 

Além disso, você também foi um dos primeiros alunos da Facens a participar de intercâmbio na Espanha, na Universidad Politécnica da Catalunya, em Terrassa. De que modo isso somou ao seu currículo?

Fui a segunda turma a fazer intercâmbio e o primeiro a ir para a Espanha, onde pude passar um ano  em uma universidade que está entre as 50 melhores da Europa. Essa vivência em outro país, outra cultura, outra universidade só me fez crescer, tanto pessoalmente quanto como engenheiro. Aprendi muita coisa nova que agregou ao meu currículo, porém, foquei tanto nessa parte que acabei deixando de lado meu aprendizado na língua inglesa, outro fator de extrema importância para a engenharia atualmente.

 

 

Hoje outros alunos da Facens também têm esta possibilidade, pelo Facens sem Fronteiras. Você recomenda a eles participar do programa? Que dicas você daria?

Totalmente, inclusive eu mesmo estou tentando um mestrado em Lleida. Uma dica que dou aos alunos é se preparar da melhor maneira possível, principalmente com o idioma. Muitos acham que depois de dois anos de curso de língua aqui no Brasil já falam perfeitamente, mas a realidade lá fora é bem mais difícil. Também achei que o curso, na Espanha, tem um foco muito maior no aspecto técnico do que costuma haver aqui. Isso pode dificultar um pouco quem está acostumado com as aulas mais dinâmicas que temos aqui, mas o principal é ir com a mente aberta para aprender o máximo possível da cultura do outro país.

 

Profissionalmente, qual tem sido sua trajetória e qual sua expectativa neste momento?

Como voltei a estudar com 29 anos, tive dificuldade de conseguir estágio. A Facens acabou me proporcionando esta oportunidade na própria faculdade. Foi ótimo, fiz estágio na própria equipe B’energy, onde aprendi muito sobre como fazer relatórios, alem da fabricação de peças e do trabalho com fibra de carbono, por exemplo, que eu mesmo tinha calculado e projetado. Exercitei o trabalho em equipe e aprendi como liderar, como  trabalhar sob pressão, cumprir prazos e metas e trabalhar com  orçamento determinado. Em resumo, é o mesmo ambiente que qualquer grande empresa vai nos apresentar no dia a dia. Atualmente busco recolocar-me no mercado de trabalho, onde eu possa aplicar tudo o que aprendi e fiz na faculdade.  Ao mesmo tempo, estou pleiteando um mestrado na universidade de Lleida, pois na engenharia, como em outras profissões, é preciso estar sempre estudando e se atualizando para se destacar em um mercado tão competitivo como o de hoje.

 

De maneira geral, como você avalia o papel da Facens na sua formação profissional?

A Facens foi de fundamental importância, tanto pela estrutura oferecida quanto pela qualidade do ensino que proporciona. Nenhuma outra faculdade da região oferece os laboratórios que temos aqui; isso faz uma diferença enorme na formação do aluno.

 

Qual o seu interesse em participar da Associação Alumni da Facens e como você acha que ela possa contribuir para a comunidade acadêmica? E qual seria a sua contribuição específica?

A Alumni tem uma proposta maravilhosa, que é aproximar o aluno dos ex-alunos, assim, podemos passar um pouco da nossa experiência e ajudá-los a se prepararem ainda mais para o mercado de trabalho. Podemos mostrar nossos acertos e, principalmente, nossos erros para que eles possam evitá-los. Além dos projetos para a sociedade e da rede de trabalho que estamos fazendo, sem falar de estarmos sempre em contato com o que  há de novidade na área de engenharia e de podermos discutir as principais tendências do futuro. Eu espero poder contribuir por meio de mentorias, passando minhas experiências, sejam as boas ou as ruins. É fundamental, ainda, participar de algum projeto social, e ajudar cada vez mais os alunos da Facens a se destacarem no mercado de trabalho.

 

Gostaria de concluir mandando um recado aos alunos e ex-alunos da Facens?

Convido a todos os ex-alunos a conhecerem esta iniciativa que tenho certeza que vai agregar muito a todos os envolvidos: Alumni, alunos, faculdade e sociedade.

More news of the following category "Ex-alunos"